quarta-feira, 1 de abril de 2009

Higiene : Limpeza e Cuidados

Higiene : Limpeza e Cuidados


O gato é, por sua natureza, um animal limpo. Porém, alguns cuidados devem ser tomados no dia-a-dia para que sua higiene se mantenha.
O gato tem o hábito de se lamber e de lamber outros gatos que porventura convivam com ele. Com este hábito, o gato retira de seu corpo sujeiras, detritos e pelos mortos, pois sua língua áspera é um ótimo instrumento de limpeza.

Além da autohigiene (feita pelo próprio gato), existem certos cuidados que devem ser tomados pelo proprietário: limpeza dos olhos, dos ouvidos, dos dentes e das unhas.

Os gatos de pelagem longa e semi-longa requerem escovação por parte do proprietário, para evitar que apareçam nós e bolos e que os gatos, ao se lamberem, venham a ingerir grandes quantidades de pêlo, suficientes para causar obstruções gástricas e intestinais.


Cuidado com os olhos

Os olhos sempre limpos e brilhantes são sinal de saúde. Para mantê-los livres de problemas verifique se não há qualquer tipo de secreção e vermelhidão, que são sinais de conjuntivite ou de outras doenças mais séries, como as viroses.
Gatos que têm o rosto mais achatado, como o Persa e o Himalaio, podem apresentar uma deficiência no escoamento da lágrima. Pelo canal lacrimal, que é uma estrutura localizada entre o nariz e os olhos do gato.
Procure limpar sempre este excesso de secreção com algodão seco, para evitar que manche a pelagem em torno dos olhos.
Não use colírios ou produtos de limpeza sem consultar seu veterinário! No máximo use soro fisiológico sem, no entanto, esfregar algodão, gaze ou qualquer outro material nos olhos de seu gato. Você poderá causar danos à estrutura do olho.

Limpando os ouvidos

Não use cotonetes ou outros instrumentos pontiagudos para limpar os ouvidos de seu gato. Além de estar empurrando material orgânico para dentro do canal auditivo, você poderá machucar seu pet.

Use algodão seco ou produtos já disponíveis no mercado veterinário que, além de higienizar, previnem quadros mais sérios, como as otites.

Checando os dentes

Os gatos também podem sofrer com o acúmulo de tártaro nos dentes. Este acúmulo pode causar mau hálito e ser fonte de infecções em todo o organismo do animal.

A prevenção é sempre a melhor opção.

Gatos que comem ração seca têm menor tendência para acumular tártaro, devido ao atrito causado pela própria ração com os dentes. Mas mesmo assim, crie o hábito de checar o boca de seu gato, para perceber qualquer início de tártaro.

Existem produtos no mercado que são auxiliares no combate ao tártaro, como petiscos e brinquedos.
Em casos mais sérios, procure seu médico veterinário.

As unhas

Quando crescem em demasia devem ser cortadas por um profissional. Dentro da unha de um gato correm vasos sangüíneos e nervos e um leigo poderá seccioná-los.

Existem outras maneiras para controlar o crescimento das unhas de seu gato. Os arranhadores são objetos criados para estimular os gatos a afiarem as unhas. A estimulação é feita com aromatizantes naturais, como a erva catnip, que atrai os felinos.

Um comentário:

  1. Olá,

    adoptei um gatinho recentemente e como nunca tinha tido gatos, andei a pesquisar bastante sobre o assunto.

    Não gosto muito de toda a situação com a caixinha da areia. Encontei um produto, chamadado citikitty

    http://lisboacity.olx.pt/citikitty-portugal-kit-de-wc-para-gatos-iid-448375601

    comprei e tenho estado a treinado o meu bichano a ir fazer as suas necessidades na nossa sanita, e esta a correr muito bem, alguém já experimentou?

    coloquei o link para terem mais informações do produto que comprei.

    Obrigada

    ResponderExcluir