sábado, 2 de janeiro de 2010

Em boa convivência: Como fazer um gato se dar bem com o outro.



Muitos são os casos em que o dono de um gato(a) resolve adotar outro gato, seja fêmea ou macho e tem problemas com adaptação de um gato com o outro que já estava na sua casa, aqui você encontra tudo sobre o que fazer nesses casos e como conseguir que no começo, um gato se dê bem com o outro.







A apresentação é muito importante. Para os felinos, as primeiras impressões são as que ficam. Na vida ao ar livre gatos tomam muito cuidado para prevenir encontros casuais com outros gatos através do comportamento de demarcação de território pelo cheiro. Ao sentir o cheiro das áreas demarcadas, os gatos podem dizer quem esteve naquele lugar por último, e até a que horas. O território pode então ser usado por diferentes e em diferentes horários do dia - é a versão felina de um compartilhamento de tempo. Para poder acostumar seu gato à idéia de dividir o território com outro felino é preciso que seja feita uma apresentação gradual.
Com algumas dicas, tempo e paciencia você poderá ser recompensado com anos de um harmonioso companheirismo felino.

- Deixe o novo gato em um aposento só para ele por alguns dias.

- Troque o cobertozinho ou algo que tenha o cheiro do gato novo com o do gato residente, assim os dois vão se conhecer por olfato antes de poderem se ver.

- Após fazer isso, troque os gatos de aposentos, deixando que o gato novo explore a casa, enquanto o gato residente explora o aposento do novo gato.

- Depois que os dois gatos estiverem  à vontade com essa etapa, abra um pouquinho a porta do aposento do aposento do novo gato, de modo que eles possam se ver, mas não possam abrir a porta completamente.

- Dê aos gatos dos dois lados da porta uma comidinha gostosa , coloque também dois brinquedos pequenos amarrados por um barbante comprido passado por baixo da porta, eles encorajarão uma brincadeira paralela.

- Quando os dois gatos estiverem calmos com a presença um do outro está na hora de deixar que o gato novo saia por alguns minutos, aumente a duração das visitas dia a dia.

- A apresentação de dois adultos deve ser feita com bastante delicadeza.

-  Todo esse processo pode demorar alguns dias ou meses, dependendo da personalidade dos gatos. Normalmente o tempo é menor quando um dos gatos tem menos de 4 meses de idade.

- durante todo o processo de apresentação fale calmamente e em voz baixa com os gatos. Elogie-os generosamente quando eles demonstrarem tolerância com a presença do outro gato. Nunca repreenda ou use um tom de voz severo quando eles estiverem juntos, ou eles irão associar coisas ruins com a presença do outro. Dê atenção especial ao gato residente, uma vez que é o território dele que está sendo invadido, e muito provavelmente será esse velho amigo que precisará ser mais tranqüilizado. Até que eles se tornem amigos, dê atenção ao novo gato somente quando o gato residente não estiver por perto.

- Se em algum momento os gatos se tornarem receosos ou hostis, coloque novamente o recém-chegado de volta ao seu aposento e feche a porta. Um pequeno revés não arruinará essa amizade florescente, porém um encontro muito agressivo será lembrado por um longo tempo e que deve ser evitado a todo custo. SEMPRE QUE VOCÊ SE DEPARAR COM ALGUM PROBLEMA, VOLTE UM ESTÁGIO no processo e então CUIDADOSAMENTE siga adiante novamente. VOCÊ é a ÚNICA pessoa que pode determinar o ritmo no processo de  apresentação. O tempo que você irá passar fazendo com que seus gatos gradualmente se acostumem um ao outro irá valer muito a pena, pois anos e anos você será recompensado com um harmonioso companheirismo felino.


64 comentários:

  1. Olá.
    Estou tentando adaptar 2 gatas uma mais nova e a outra + ou - uns 6 meses mais velha,a mais velha tem um comportamento muito hostil,mesmo comigo..a outra ja é muito brincalhona e meio "desligada" no 1° encontro a gatinha mais velha quando viu a mais nova começou a sibilar pra mais nova (que nem ligou),mas a mais velha saiu correndo "P" da vida pro quarto e se refugiou lá...oque eu faço? Estou com medo da gata mais nova acabar se machucando,vou testar essa tecnica...mas acho que a gata mais "cagona" hehehe...ja ficou com uma má impressão,pois quando coloquei a outra gata no outro quarto a ela saiu calminha. Personalidades MUITO diferentes... complicado =/

    Att: Mauricio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maurício, o meu caso parece ma cópia do seu... Aconteceu a mesma coisa.. você teve algum resultado?
      Estou a procura de respostas tbm!

      Excluir
    2. Kkkkk eu tbm.... iai? Deu certo?

      Excluir
    3. Minha situação é a mesma, resgatei um gatinho ontem e já tinha duas gatas em casa uns 6 meses mais velhas, a gata mais dócil que eu tinha ficou louca está sibilando para todo mundo, está virada no saci!
      A outra ignorou e fica na dela, mas a mais dócil está querendo brigar até com a outra com quem se dava super bem, hoje eu fiquei fazendo carinho e ela sibilou pra mim me assustou e dei um tapinha de leve nela, aí que a coisa piorou.
      Não sei mais oque fazer....

      Excluir
    4. Minha situação é a mesma, resgatei um gatinho ontem e já tinha duas gatas em casa uns 6 meses mais velhas, a gata mais dócil que eu tinha ficou louca está sibilando para todo mundo, está virada no saci!
      A outra ignorou e fica na dela, mas a mais dócil está querendo brigar até com a outra com quem se dava super bem, hoje eu fiquei fazendo carinho e ela sibilou pra mim me assustou e dei um tapinha de leve nela, aí que a coisa piorou.
      Não sei mais oque fazer....

      Excluir
    5. Então, eu fiz besteira... Não fiz essa questão da apresentação gradual, coloquei as duas no mesmo local, a mais velha fica achando a mais nova o tempo td. Será que vou ter que começar do zero?

      Excluir
    6. Minha situação é a mesma. Eu tinha duas gatinhas irmãs e elas se davam bem (as duas estão com 7 meses), mas recentemente adotei um gatinho de 1 mês... E a minha gatinha mais dócil e mais amorosa ficou super mega irritada. Ela não quer sair do quarto e começou a sibilar até para sua irmã... Não sei o que fazer!

      Excluir
  2. Tenho uma gata de uns 7 meses e peguei um filhote que deve ter uns 3 a 4 meses, as duas se estranharam muito, as duas foram agressivas uma com a outra e a mais velha está de mal comigo, não me deixa aproximar dela e até me mordeu, e ela sempre foi muito tranquila e bobona, pq essa reação agora? Será que não vão se acostumar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou passando pelo mesmo problema. ...

      Excluir
    2. Eu também to passando por isso

      Excluir
    3. To passando por isso tambem, nao sei o que fazer :(

      Excluir
  3. O que eu faço,no meu caso ñ tem como eu fazer isso,pq aki em casa é pequeno,mas tranquilo pros dois gatos...o meu gato + velho tem 1 ano e 6 meses...a outra é uma gata que achei na rua...e me parece ser bem novinha...os dois ñ gostaram nenhum pouco do outro,o meu mais velho ate tentou se aproximar dela,mas ela ñ gostou...ou seja ñ sei o que faço pro os dois se harminizarem,por favor me ajudem !!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. caramba, mesmo problema aqui em casa!
    será que com o tempo eles melhoram?
    e vcs, já passaram desse estágio?
    uma luz, please!!!!
    abraço

    ResponderExcluir
  5. Nossa to enfrentando problemas piores ainda!!!!Tenho 4 gatos que viviam pacificamente,em perfeita harmonia,mas me vi sem saída qdo uma"amiga" resolveu
    que ñ queria mais ficar com os gatos que ela tinha e iria colocar eles em "qqer lugar".Esse "qqer lugar" seria isso mesmo!!!QQer casa abandonada,qqer casa com cão bravo...ela nem tá aí.Bom, mesmo sabendo do risco, os trouxe:(2) 1femea e um macho com 2 anos de idade.Estou enfrentando varios problemas!to lokinha pois o macho ñ aceita mesmo o outro,e as meninas ate aceitaram a femea(que ébravinha) mas ñ gostam do macho tadinho.O que eu façoo?to perdidinha!as brigas são inumeras!agradeço se puder me auxiliar com alguma orientação

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como resolveu você essa situação? Estou muito preocupada porque faz 8 meses que mudei meus gatos ( 1 macho e uma fêmea) para uma casa onde já existia um gato macho. Acontece que quer a fêmea quer o macho que trouxe agridem o residente. O residente tem tanto medo que passa os dias debaixo de uma cama. Ele rosna (rosna, mesmo), e até é mau comigo.Que hei-de fazer?

      Excluir
  6. Bom dia! Tenho uma gata siamês de quatro anos... Ela é tudo dentro de casa, eu moro sozinha, trabalho e estudo e a Brighty (gata mais velha) nunca teve filhotes e nunca pegou uma cria, ela é castrada...Adotei uma gata ontem... Q não para de miar, q vive atr´s de mim pra onde eu vou,q sobre no sofá, abre a porta sanfonada e isso tdo ela tem apenas 1 mês... peguei ela na rua... Deixo ela em um quarto q não tem quase nada... mas ela não suporta ficar sozinha!!!! Já a Brighty esta totalmente arrisca e não esta comendo e nem indo no banheiro... O q faço????????

    ResponderExcluir
  7. Naum conseguimos nada naum sua Puta !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vagabundo ou vaganbunda vai se fuder ela so fez uma pergunta porra

      Excluir
  8. Oiie gente!
    Então, eu tenho um gato de 2 anos e ele é castrado, e ontem achei uma gatinha na rua no frio. Ai troxe ela pra casa. Nossa meu gato esta muito arisco com ela, mais ela não esta nem pra ele. Ele morre de medo dela, ela parece ter menos de um ano de idade, esta magrinha tadinha. Meu gato quando fica perto dela fica fazendo um barulho estranho, parece que esta rosnando para ela. Ele não esta nem comendo e nem indo ao banheiro porcausa dela. Mas quando ela não esta perto ele fica tranquilo, ele siames e ela nem faço idéia. O que eu faço. Porfavor alguém me ajude!
    Quem souber de alguma solução me escreva para esse e-mail por favooor *--*
    E-mail. carol.ritmopuro@hotmail.com OU carol_sz1631@yahoo.com.br

    Beijoos, Obrigadaa s22

    ResponderExcluir
  9. Acabei de adotar uma gatinha, o nome dela é EVE.
    Eu e meu marido já tínhamos a SAMUS, mas como ela estava muito dependente de nós dois, resolvemos adotar outra.
    Foram três dias para total entrega da SAMUS (e olha que eu estava morrendo de medo).
    Segui o conselho da melhor veterinária que conheço, a doutora DILAYLA: a SAMUS é a melhor, a SAMUS é a mais engraçada, nunca pegar a outra na frente da SAMUS, a comida da SAMUS vem primeiro, o colo é primeiro da SAMUS, o cafuné também, as palavras de incentivo são todas pra ela...
    No primeiro dia, a EVE ficou no quarto fechada e a SAMUS rosnava mesmo com a porta fechada. Ela não queria papo nem com a gente, fazia um "mia, mia, mia" e parecia um cachorro ameaçando quando a pegávamos no colo. No segundo dia, ela ouvia a EVE chorar e reclamava do lado de fora, mas ainda não tava nem aí. Quando eu abri a porta, ela rosnou de novo.
    No terceiro dia, precisei levar a EVE na VET na caixa de transporte(ela odeia). Quando voltamos, deixei a gatinha dentro da caixa perto da SAMUS que veio ver quem era a chorona. Elas se cheiraram, cheiraram, deram umas patadinhas na caixa e eu abri. Pra minha surpresa, elas começaram a brincar e a SAMUS a lamber a EVE.A noite, quando tentei colocar a EVE no quarto pra dormir, a SAMUS me viu fechando a porta e começou a reclamar. Pegou seu brinquedo preferido, que é um ratinho que eu costurei pra ela e colocou no meu pé. Foi até a porta do quarto onde a EVE estava e ficou esperando até eu abrir a porta. Parecia coisa de filme.
    Hoje é o quarto dia. Ambas estão dormindo agarradinhas no sofá enquanto escrevo aqui no blog. Eu recomendo pra todo mundo que tem só um gato: adote mais um. Enquanto seu bichano tá aí, dependendo só de você pra brincar, há centenas de filhotes esperando alguém que os ame e os leve pra casa. Eu mesma estou com dois de uma amiga pra doar. Se alguém ficou comovido e quiser ajudar, é só enviar um e-mail pra jana-manu@hotmail.com. Quem sabe você não faz dois bichanos felizes?

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. oi eu tenho uma gata de 3 anos e a uma semana meu cunhado apareceu com um filhote de no maximo 2 meses porem a minha gata mais velha esta super hostil com todos em casa minha irma minha mãe meu cunhado e até meu sobrinho com quem sempre teve um ótimo relacionamento comigo que não tive muita proximidade com o filhote ela ainda não está tão hostil mas mesmo assim ela se recusa a ficar em casa com o filhote por perto então se recua e fica no quintal na garagem ou até mesmo na rua tenho medo que ela suma e não volte mais o filhote tenta se aproximar dela mas como ela é castrada acredito que não tenha instinto materno e por isso rosna pra ele apesar de nunca ter encostado no filhote por favor me ajude

    ResponderExcluir
  12. Estou com problemas também só que meu caso é diferente pois eu tenho uma gata de 9 anos que viveu comigo até o ano passado quando por problemas financeiros tive que deixá-la por um tempo aos cuidados de uma amiga e agora eu a trouxe de volta para minha casa (que é outra diferente da de antes) e ela não conhece essa nova casa onde estou e está receosa. Só que antes de buscá-la, há uns 8 dias atrás, acabei adotando um filhote de uns 2 meses que já está acostumado com a casa e agora eu trouxe a outra que está com medo da casa e se estranhou com o filhote... fechei o pequeno no quarto pra evitar que ela o machucasse pois é bem maior que ele mas agora ele só chora... o que eu faço???? Por favor me ajudem...

    ResponderExcluir
  13. Tenho um gato Angorá que tem 8 anos, decidi adotar um persa com 1 ano e 6 meses. Hoje é o primeiro dia dele aqui em casa. Estou super preocupada do meu angorá ir embora. Ele é castrado e o persa não é, mas logo irei castra-lo também pois tenho medo de fugir. Será que você pode me dá uma luz? Ficarei super grata pois não quero perder meus bebes.

    ResponderExcluir
  14. Ola! Bolas! Toda a gente com problemas :/
    Tambem eu tenho um ca em casa...
    Tenho um gato de 15anos e uma gata de 8anos. Adoptei ja ha cerca de um mes e meio um outro gato de 4anos...
    O meu gato mais velho ja se acostumou com ele (tadinho ja so quer sopas e descanso) mas a minha gata esta sempre a assanhar se e a rosnar para ele, nao o pode ver nem pintado! O novo gato, com tanto medo, nem sai da ombreira da porta da sala, que é onde tem ficado fechado, para evitar brigas com os meus. Ate agora so consegui que comessem um docinho juntos, com alguns metros de distancia entre eles, mas na mesma divisao. Estou preocupada que o gato se habitue demasiado a ficar na sala. Ja os troquei de divisao por varias vezes, troquei cobertores e etc... mas esta tao complicado. Sempre que os tento aproximar, o novo gato, encolhe se de medo e tenta fugir a todo o custo, enquanto a minha gata so rosna para ele. Nao consigo harmonia entre eles dois... :(


    Nem vou perguntar por alguma dica, porque ja reparei que nao teem havido respostas...
    POr isso, quero so desejar a maior das sortes para quem esteja a passar o mesmo que eu!

    ResponderExcluir
  15. Minha gata tem + ou - uns 10 anos, e a gata da minha irmã mais vlha tem uns 12 e a da minha irmã di meio tem 1 ano, todas moramos em cidades diferentes, mas algumas vezes as gatas tenq ficar no mesmo apê (pois quando uma delas vem visitar tras o gato junto pq moram em outra cidade e nao deixam a gata sozinha) todas as gatas sao femeas e nenhuma delas se dao bem, a mais nova das gatas nao gosta de ninguem a nao ser minha irmã e meu cunhado, minha gata atura todo mundo (desde que nao a segurem) e a gata da minha irmã mais velha é um amor. Ja tentamos apresentar elas varias vezes, estamos em um ponto em que deixamos elas soltas ao mesmo tempo, sempre de olho em pelo menos uma delas (por enquanto sao 2 de cada vez) sempre com um esguicho de agua do lado. Normalmente elas ficam juntas por no maximo 2 dias (um final de semana, ou um feriado) entao nao temos como fazer esse programa de longo prazo... Tem algum meio de fazer elas se aturarem sem tentarem se matar?

    Obs: a gata mais nova da 1/3 da mais velha e a minha gata é a metade da mais nova. A nova quer matar as outras duas, a mais velha ignora as outras e a minha gata nao suporta nenhuma delas.... O que eu façoooo????

    ResponderExcluir
  16. ola tudo bem tenho 2 femea e um macho que mora comigo eu moro sozinho....mais voyu voltar morar na casa da minha mae e la tem duas gata........como faço para eles serem amigos........

    a minhas duas gatas da castrada e ta minha mae ta uma cadastra

    ResponderExcluir
  17. Eu estou com muito medo, tenho uma gatinha +ou- de uns 3 anos, peguei ela era um bebezinho e ontem (21/04/2013)deixaram um gatinho bebezinho no meu trabalho, fiquei com dó e levei para casa, tava machucado e fazia muito frio e resolvi adotar, minha gata por sinal é muito carinhosa, mas só qdo queria receber carinhos, dormia a manhã inteira na cadeira ou no sofá, e ontem qdo ela via a gata nova ficou apavorada ficou observando de longe, saiu e voltou mais tarde, a mas a gatinha nova é muto folgada separei as comidas e cada uma no se ambiente, mesmo assim ela se meteu na comida da outra q não gostou e saiu de casa, já pelas tantas da madrugada estava ela dormindo no meus pés, cherei ela como sempre faço e disse q tava tudo bem, e qdo levantei para trabalhar ela estava comendo e qdo viu a outra ficou perdida, pulou a janela olhou para mim e eu vi 2 lágrimas ou parecia ser e fiquei apavorada com a tristeza dela, fui trabalhar mas não parava de ligar para casa ela vei apenas as 10:00hs da manhã comeu bem rápido e saiu e dai não voltou mais até agora, to bem preocupada ela é minha parceira...ela é muito sentimental, o que eu faço?

    ResponderExcluir
  18. Esqueci de mencionar q minha gatinha mais velha é castrada.

    ResponderExcluir
  19. Tô tentando readaptar minha gatinha de 6 meses com os irmãos,(ela desapareceu a huns 3 ou 4 meses e agora não se dá bem com os irmãos)Eles não ficam dentro de casa, e agora como faço pra eles pararem de brigar. Obs:A gata q voltou hoje é q está arrumando confuzão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa ele voltou depois de todo esse tempo... que benção!

      Excluir
  20. dei banho a meu gato e agora o outro anda sempre atras dele e ker andar a porada ,ate se aleijaram o ke faço para o outro gato deixar o outro em paz?

    ResponderExcluir
  21. Lendo as postagens acima, realmente verifiquei praticamente nenhuma obtiveram respostas.
    Enfim gostei mto das dicas ali em cima... mas o que mais vale é a paciência e a vontade dos donos em permanecer com os novos animais... após isso, embora possa demorar um pouquinho tenho ctza que os animais irão se dar bem, pois ao contrário do ser humano, eles são incapazes de atos de crueldade.
    Por experiência própria tenho vários gatos que mesmo dando trabalho no começo hj estão vivendo em perfeita harmonia.
    Espero que possa ajudar alguém.

    ResponderExcluir
  22. Hoje, 20 de junho de 2013, adotei 03 gatos de uma vez, 02 machos, um castrado e outro não. E uma fêmea. Já estão com 01 ano e alguns meses e o nome deles são: Boris, o não castrado; Max, o castrado e a Lilica castrada. Todos estão devidamente separados em outro quarto.Mas acontece que já tenho comigo, 05 gatos adultos e todos castrados. Que são o mais velho com 9 anos, o Lello Boy, a Cherry Mell com 7 anos, o Caco Antibes, com 2 anos, a Gigi Alana com 2 anos também e tem a Michele, uma gata recém adotada que é uma fera que deve ter por volta de 2 a 3 anos. Porém, contudo, esses vivem dentro da minha casa e tem mais 2 gatos que vivem na casa de baixo (no meu terreno tem 2 casas) Esses 2 gatos, adultos mais ou menos 5 anos cada são do meu marido e vivem com ele nesta outra casa. O Nino e Nash Brigdes. O meu problema que vou encontrar é acostumá-los entre eles, e ainda por cima, acostumá-los com meus outros 9 cães que tenho no quintal. Todos meus gatos são acostumados junto com meus cães e não tenho problema em soltá-los todos ao mesmo tempo. Meu receio, nem é tanto os gatos recém adotados acostumarem com todos meus outros gatos, que isso eu sei que acaba acontecendo, meu problema maior é com meus cachorros. Bem, vou fazer a aproximação, o mesmo método que usei quando meus cães não eram acostumados com gatos. Deixo-os presos e solto dos gatos, prendo os gatos e solto os cães. Depois vou trazendo um por vez para conhecer os novos gatos dentro da minha sala, tomando o cuidado para não haver ataques, eu uso iscas (petiscos) e muito carinho e incentivo. Foi assim que acostei meus 7 gatos com meus 9 cães. Mas tem que ter paciência, carinho, continuidade, ou seja, fazer esses exercícios todos os dias. Acredito que vá dar certo. Ainda tenho que levar o Boris e minha pequena pinscher Lady Di para castração. Com meu depoimento, espero ter ajudado pessoas que tenham essa situação.
    Abraço fraterno,
    Edna Guidini

    ResponderExcluir
  23. Bom , eu tenho uma gata de uns 4 ou 5 meses siames e estava mt acostumado com ela , ontem eu estava na casa da minha vó e encontrei uma gata siames tbm na arvore miando e o cachorro queria pegar ela mas eu peguei e a cobri numa camisa e trouxe ela pra casa e ontem minha gata sombrinha a residente viu a minha outra gata + velha q se chama drika ela ficou rosnando e quando tento aproximar uma da outra elas ficam bravas e se tento pegar ela no colo pra colocar perto da sombrinha parece q ela quer me arranhar inteirinho oqe eu faço?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi gostaria de saber se vc conseguiu fazer elas sedarem bem??? Meu caso é igual ao seu mais tenho machos siameses...
      se conseguiu como fez isso? Obrigada

      Excluir
  24. O que eu faço, ganhei uma gatinha faz uns 6 anos e agora ganhei uma de 1 ano da minha mãe, a gatinha que eu já tinha antes tenta se aprocimar da outra só que a gata que eu ganhei fica rosnado para ela.
    Por favor me ajude.

    ResponderExcluir
  25. olá, eu tinha um casal de gatos, eles eram irmãos e viveram juntos por 13 anos. Esse ano o macho morreu e a fêmea estava muito sozinha. Mas como eu estava desempregada, dava bastante atenção a ela. Só que comecei a trabalhar. Então encontrei uma gatinha na rua, muito parecida com o irmão dela e levei pra casa. Fiz o que todo mundo diz, deixei a gatinha nova presa num cômodo, fiquei trocando as cobertas, apresentava aos poucos uma a outra. Mas não tem jeito, a minha gata mais velha, não aceita a novinha, que só quer brincar. Só que ela já está velha e só quer saber de dormir. Tenho deixado elas soltas, mas cada uma está criando o seu território e o que mais me preocupa é que a gata mais velha não sai mais da casinha. Fica dia e noite lá dentro. Resolvi fazer o seguinte, deixo a gata nova solta um pouco e depois prendo e pego a gata mais velha, pois sinto que ela quer ficar comigo, mas como a novinha é muito carinhosa e também só quer ficar comigo, estou dividindo assim. Será que as duas nunca vão se dar bem? Tem mais alguma coisa que posso fazer? Por favor me ajude.

    ResponderExcluir
  26. Tá tudo com o mesmo problema, tenho uma gata de 10 anos desde bébe, mas minha filha pediu outa de 2 meses, estou realmente com medo que quando ela vier do Algarve parara semana a mais velha se dê mal com ela. Que fazer????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha,uasheaushe desculpa a demora to tendo um problema aqui tb ae vim ver o site e.e agora eu fiz assim u.u
      Primeiro a duas tem que saber da existência de 1 da outra deixa a mais nova na caixinha e a que ja mora com vc fora,deixa elas se olha, é lembre-se de castra-las, vai ser normal elas se estranharem (ficarem recuando e rosnando um pouco) vai falando devagar, caso os rosnados fiquem hostis e vc perceber que pode ocasionar algo ruim vc tira a gata nova devagar ainda na caixinha e coloca ela no quarto.
      Você vai ter que seguir todo aquele processo, eu aconselho pegar o objeto que tenha o cheiro de cada uma e inverter, elas vão ficar rosnando, mas não vai ter contato físico uma com a outra. Deixe o objeto 1 dia e vai trocando por outro para manter o cheiro dos gatos ate que eles se acostumem e vc se sinta segura de faze-las se encontra. Por que se você demonstrar preocupação ou medo elas vão se estranhas! (todo animal consegue sentir suas emoções! então vai com segurança, quando não estiver com raiva por algo)

      Aqui por exemplo: Tenho 2 gatas ja são castradas e convivem desde pequena, porém minha tia esta mudando e ela teve de deixar a gata dela que não é castrada, comigo, a gatinha tem 4 meses. No começo a minha gata "preta" estranho ela muito, e a gatinha (nina) também a estranhou, agora minha outra gata *gorda* só rosnou uma vez e parece nao se incomodar com a convidada.
      Deixei as minhas gatas em um lugar e a nina no outro. Depois peguei o paninho da gorda e deixei perto da nina, ela nem se incomodou,agora quando coloquei o da preta, ela arranhou meu braço e correu. Fiz o mesmo processo com minhas gatas com o cobertor da nina, a gorda nem ligou agora a preta não gostou também,mas invés de me arranhar ela se contorceu para que eu soltasse, então a coloquei no chão. (viu a diferença entra a gatinha não castrada e a gata castrada? :3) Bom espero ter ajudado com essa biblia o.O se precisar mande um e-mail - gui.paulac@gmail.com

      Excluir
  27. Olá! eu já tenho um gato macho mais ou menos de uns 4 anos. esses dias me apareceu uma gatinha acho que deve ter seus 4 meses. de primeiros contato foi um olhar para o outro e deram algumas estranhadas... mas eu estou tentando dividir um pouco com os dois. mas onde eu moro é muito pequeno como eu comporto os dois sendo que um é bem mais velho que o outro?!

    ResponderExcluir
  28. PRECISO DE AJUDA! eu tenho um gato a mais de 1 ano ela deve ter um 1 e 3 meses de idade, ganhei uma gata de 1 mes e qnd eles se conhecerem foram normal só que a gata estranhou muito, e meu gato só ficou cheirando ela, e uma hora ele pegou e foi morde o pescoço dela(mais nn sei se ele foi morde por maldade ou só foi brincar) e agr oq eu faço?

    ResponderExcluir
  29. Estou com um probleminha de desentendimento entre uma siamesa e uma pelo curto brasileiro, as duas novinhas más para a pelo curto está muito difícil de aceitar a nova hospede.

    ResponderExcluir
  30. FUNCIONA ! todo ritual de apresentação funciona sim mas tem que seguir a risca! Se pegar um gato e colocar logo com outro eles vão brigar feio.Funcionou com meus 2 gatos o meu mais velho tem 2 anos e o mais novo 40 dias

    ResponderExcluir
  31. Estou com um problema. Tenho uma gata que adotei quando tinha apenas 3 meses de idade. Hoje ela tem um ano e meio. Só que ela fugiu por 7 dias, e dentro desse período apareceu outra gatinha, que aparentemente tem 5 a 6 meses, que acabei adotando. Depois de 4 dias, a gata que havia fugido apareceu. Agora, acredito que as duas estão achando que são as donas da casa...porque uma era a dona e fugiu, e a outra quando chegou não havia outro animal, e logo depois apareceu um animal. Não sei como fazer a aproximação das duas de forma correta. Alguém poderia me dar algumas dicas?

    ResponderExcluir
  32. tenho um gato de 1 mês e o outro tambem tem 1 mês,eles andam sempre a dar "chapadas" um ao outro, e eu nao sei o que fazer com eles,eu quero ficar com eles os 2.
    sera que vao conseguir entedersse ?
    eles nao gostam um do outro, quando um chega o outro bufa durante muito tempo,
    nao param quietos,alguem me ajude por favor:(.

    ResponderExcluir
  33. Tenho uma gata de 01 ano de vida e agora peguei uma de um mes. A mais velha esta rosnando direto, fazendo barulho e mostrando os dentes. O que eu faço????

    ResponderExcluir
  34. http://www.4shared.com/office/Tl26KX1e/pam_johnson-bennett_-_psico-ga.htm

    ResponderExcluir
  35. tenho uma gata(siamês) de 5 anos é castrada resolvi adotar uma gatinha que deve ter 2 meses,mais a minha gata não esta aceitando a presença dela o q eu faço ela já tentou bate nela e morde e não deixa ninguém se aproximar

    ResponderExcluir
  36. Segui passo a passo e ta dando certo... eh aos poucos... mas ta resolvendo! *.*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aos poucos quanto tempo?! Só pra eu ter uma noção!!
      Eu peguei uma hoje e meu gato não gostou nada da ideia! A pior parte é que eu não sabia de todo esse ritual (RS) e coloquei os dois juntos de cara.... Será que vou ter que devolver a gatinha?!

      Obrigada!!

      Excluir
  37. Depende muito do gato. Eu tenho dois gatos adultos e adotei uma filhote de rua de 3 meses. Seguindo esse ritual, mas não tão lento (não fiz a troca de paninhos para conhecerem o cheiro), um deles acolheu a gata nova em uma semana e o outro levou dois meses pra ficar totalmente ok. Agora, que a mais nova tem sete meses, adotei outra gata (de 2 meses), o gato gente boa aceitou em dois dias, o outro tá meio noiado (mas nem tanto), mas a de sete meses tá transfigurada em uma besta! Nao esperava uma reação tão violenta justamente dela. Mas, enfim, uma hora as coisas melhoram. Meu conselho é: mudar a rotina o mínimo possível, não forçar, não ficar preocupado demais (porque eles ficam mais nervosos) e, o mais importante, paciência. Esse processo pode levar 2 ou 3 meses. Mas dá certo.

    ResponderExcluir
  38. Tem 3 gatos, dois macho, um de 5 anos e outro de 10 meses, e uma fêmea de 6 meses, todos esterilizados/castrados.
    Acontece que o gato mais velho, esteve desaparecido durante os últimos 4 meses, e agora voltou um pouco mais frágil.
    O mais novo está armado em Jovem com pelo na venta e faz-lhe a vida negra, está sempre a controlar o que o outro faz e embora não lutem, está constantemente a ostracizar o mais velho.
    enfim o ambiente anda tenso. Já comprei o Feliway difusor e spray mas mm assim não noto grandes diferenças.
    Alguém tem sugestões??
    Obrigada

    ResponderExcluir
  39. Estou com um problema daquele jeito, igual mas diferente hehehe... Eu tenho um gato de 5 anos, ele ainda não é castrado pq não pude castra-lo ainda, só que há quase 1 semana apareceu uma gata aki em ksa q deve ter uns 3 meses e não quer ir embora. Meu gato não a aceitou muito bem e vai pra rua tipo hoje de tarde e só volta na madrugada de quarta feira, por exemplo. Me ajudem por favor, pq tenho do de joga a coitadinha na rua longe da minha casa e alguém maltratá- lá, e pior q minha mae nem gosta de gato e gostou dessa e não quer se desfazer dela, aiaiai to sem saber o q fazer ate sair a vaga na prefeitura pra castrar ele e agora essa tbm... Ta osso :(

    ResponderExcluir
  40. Bom dia,
    Estou um bocadinho desesperada:
    Tenho uma gata de 3 anos e decidi adotar um gatinho de 2 meses,
    Gosto muito de animais e quando decidir adotar foi porque a gata (Jackie) passa muito tempo sozinha e pensei que tendo uma companhia ficaria mais feliz...
    Mas a reação foi muito negativa.
    Alem de bufar e fazer grunhidos muito esquisitos, ela bufa-nos a nós como donos e até parece que deixou de nos conhecer. Não come nem bebe nem desce para fazer as necessidades...
    O pequenino anda na boa... mas já lhe começou a rosnar tambem - se ficarem frente a frente....
    As pupilas da Jackie ficam tão grandes e os olhos tão esbugalhados que me disseram que ela pode estar a desenvolver, raiva ou dor...
    Há alguma coisa que possa fazer para melhorar a situação?

    Cmps

    ResponderExcluir
  41. Boa noite... estou tendo problemas com minha gatinha e a gata da minha sogra... por n motivos tivemos q ir morar na casa da sogra, rs ela tem uma gata...bem, mais ou menos... ela meio q adotou uma gata, mas a gata não fica em casa, fica pela rua e só aparece pra comer e volta pra rua...e eu tenho uma gata, ela vai pra rua tbm, mas adora um sofá, e essa gata da minha sogra detestou ela... sempre q tem uma oportunidade bate nela, e bate pra valer a ultima briga foi feia, minha epq. blue teve uma lesao nos olhos q por sorte o vet. disse q não foi sério, mas poderia ter sido... estou desesperada... o que fazer?? como lidar??

    ResponderExcluir
  42. Olá fui de férias com os meus gatos durante 2 meses,quando regressamos o gato (que por acaso é filho da gata),não a pode ver vai atrás e morde com força ela grita,não sei o que hei-de fazer,não os tenho juntos,já comprei o spray mas não resultou, peço ajuda. Obrigado

    ResponderExcluir
  43. Olá fui de férias com os meus gatos durante 2 meses,quando regressamos o gato (que por acaso é filho da gata),não a pode ver vai atrás e morde com força ela grita,não sei o que hei-de fazer,não os tenho juntos,já comprei o spray mas não resultou, peço ajuda. Obrigado

    ResponderExcluir
  44. Ai me ajudem,estou com um sério problema ja fiz de tudo e uma de minhas gatas nao aceita meu gatinho o adotei em Janeiro e a gata ficou agressiva esta o machucando o gatinho n sei o q fazer e n voy me desfazer de nem um gato me ajudem!

    ResponderExcluir
  45. Bom dia, vivenciei uma experiência por 1 ano meio onde minha gata mais velha não aceitava de jeito nenhum a gata nova, quando ela chegava perto da nova eu brigava com ela como se briga com criança...vc não pode brigar com fulana e isso as 2 bem pertinho eu segurando a mais velha e outra segurando a mais nova...resolveu, pq eles entendem o que não deve ser feito, consegui parar com as brigas, mas ela nunca aceitou a gata nova, tolerava a presença, mas não ficava perto de vez em quando a mais nova queria brincar a mais velha fazia um fuzzz para ela e ficava por isso, gatos são como crianças, vc tem que se impor para eles saberem quem manda na casa... faz 1 mês que minha gata mais velha morreu, e a nova ficou desolada, mesmo não sendo amigas a tristeza foi tanta que peguei outro gatinho para ser a nova companheira, e em 10 dias viraram as melhores amigas, gatos são assim...ou se amam ou se odeiam, mas eles aprendem a conviver...mas mistura os cheiros tbm para estimular a convivência...BOA SORTE

    ResponderExcluir
  46. Meu caso é meio complicado...
    Tenho três gatos. Dois filhotes de seis meses e o pai (que está castrado já a um tempo).
    O relacionamento deles sempre foi Ótimo!
    Hoje de manhã o pai fugiu. De noite ele voltou para casa graças a Deus!
    Porém os filhotes estão rosnando para ele e rugindo... Menos de um dia distante e não entendi este comportamento. Estou aqui tentando fazer as pazes da família rs Mas está difícil! O que será que aconteceu?

    ResponderExcluir
  47. Oi,estou passando por essa situação com meus gatos também.Já tinha uma gata com quase 1ano de idade e ganhei um gato macho de quase a mesma idade no começo brigavam,mas logo se acosturam e até durmiam juntos.Na metade desse ano o gato macho ficou enternado com problema urinário e depois que voltou da clinica ele começou a bater na gatinha e com isso acaba tissando as cachoas também a avançar na gata.Não sei mais o que fazer para se darem bem e a 🐱 parar de fugir para o quintal dos outros.

    ResponderExcluir