terça-feira, 7 de setembro de 2010

A dor de perder um gato!

A dor de perder um gato!

Muitos donos de gatos já viveram essa experiência dolorosa que já se sabe que vai acontecer um dia, desejando que nunca ele chegue. Alguns donos recorrem a donos que já viveram essa experiência, que já perderam um animal, seja um gato ou outro animal, nas diversas redes sociais. Alguns donos criam perfis em diversas redes em homenagem ao seu gato, principalmente no Orkut. Comunidades e blogs também são criados, mas difícilmente são achados. A leitora Giácomo nos mandou seu depoimento em homenagem ao seu gato falecido, José:
Fotos de José. Por: Rô Giácomo.

"Desde a primeira vez que o vi senti que mudaria minha vida, e foi o que fez.Você encheu de alegria meus momentos tristes,nas minhas angústias seus olhinhos azuis da cor do céu me transmitiam a paz que tanto precisava.Sua inteligência,esperteza e bom humor quando brincavamos me mostrou que a vida pode ser simples,nós é que complicamos. Você é o filho que não tive,mereceu todos os cuidados de um recém-nascido e fiz o que pude para vê-lo sempre bem,saudável e feliz e faria muito mais se estivesse ao meu alcance...Mas tem coisas que só Deus pode fazer e Ele fêz...levou pra junto dele meu branquinho tão querido e amado e agradeço a Ele por isso pois a saudade que sinto é imensa,chega a doer...Mas prefiro não tê-lo comigo do que vê-lo sofrer."Filho" fique em paz,onde quer que esteja,pois você jamais morrerá e permanecerá pra sempre vivo em minhas lembranças e no meu coração.Agradeço a Deus a benção de poder conviver com você todos esses anos.Palavras não descreveriam como é grande o meu amor por você,então sinta no silêncio do meu coração o quanto TE AMO!!! *08/08/2000 +13/03/2010 No Orkut havia feito uma dedicatória com a música do Roberto carlos( Como é grande o meu amor por você) mas resolvi tirar pq toda hora eu ficava olhando e me doia muito,então preferi colocar coisas que o lembrassem sem me deixar tão triste.O José era misto com Ragdoll,muito caseiro,nunca saiu na rua,sempre branquinho,não tinha pulgas,raramente tinha uma...gostava muito da minha mãe dona Elza,ele brincava de bater cuca com ela,de esconde-esconde,parece mentira,mas era muito esperto!Só faltava falar,não gostava que eu dançasse,se ele me visse dançando ele vinha em cima de mim com as quatro patas(tipo dava um pulo em cima de mim),muito lindo!Eu pegava ele no colo e falava que estava na hora de dormir,ele detestava...ele olhava feio pra mim e batia na minha boca com a patinhas(muito lindo)ele fazia xixi numa areia e cocô na outra(era muito limpinho)dormia nos meus pés(qdo eu sentia que ele veio se deitar comigo eu o cobria igual um bebezinho com uma manta que era só dele). Ás vezes ficava eu e ele em casa,nunca me senti sozinha,era como se eu estivesse com uma criança em casa,eu falava com ele,brincava com ele e ele sempre respondia...a sua maneira,mas respondia,parecia que queria mesmo falar comigo. Ele foi o melhor amigo que eu pude ter...ele ficou doente de repente,levei no veterinário,estava com gripe forte,atacou os rins,tomou soro dois dias,mas não adiantou,ele deu o último suspiro nos meus braços,coloquei ele num caixãozinho branco,com forro branco,flores brancas,minha mãe tinha no quintal Dama da noite(e uma abriu só pra ele)e colocamos pra ele no caixãozinho,arrumamos as patinhas no peitinho dele,igual a uma pessoa mesmo,parecia que estava dormindo,não estava com aparência de sofrimento,estava lindo como sempre foi...dei um beijo na sua testa como sempre fazia e ele levou consigo a marquinha de batom como se fosse uma criancinha quando é beijada com amor por alguém,tinha seis pessoas aqui no momento,fizemos uma breve oração para seu descanso e quando eu estava saindo com ele nos braços do portão pra calçada,não havia ninguém na rua pq estava uma noite com muito vento e já eram quase meia noite pq ele faleceu as 22:00,foi quando ouvimos um cachorro uivar tão alto e triste e durou apenas um minuto,(parece que veio se despedir do José)procuramos de onde vinha aquele som e não vimos nada,não havia cachorro em lugar algum.E essa foi a noite mais triste que passamos ao lado do meu branquinho,porque ele foi um presente de Deus que só nos deu alegrias...E é isso,não tem um só dia que não sinto saudades do meu branquinho!"
Além de Rô, a leitora Marise Kantz Diniz que mandou sua homenagem à sua gata Gaia Maria:
Foto de Gaia Maria. Por: Marize Kantz Diniz.

"Gaia Maria, você foi minha constelação. No um ano e seis meses que ficamos juntas você fez brilhar meu mundo. Mamãe te amará para sempre."

É sempre uma dor relembrar esse momento, portanto entendemos os leitores que não puderam enviar sua homenagem.

29 comentários:

  1. Ótima matéria!

    Quem não se emociona ao lembrar deste ente querido? Eu perdi a minha neste ano, no mês de abril e parece que foi ontem. Tetê, uma persinha preta foi cedo, aos 8 anos. Mas estes, foram muuuito bem vividos. Graças a ela mudei de vida, de emprego!

    Ela me inspirou a fazer meu blog, que hoje está com mais de mil visitas/mês. Tudo por ela!

    Abs,
    Valéria.

    ResponderExcluir
  2. Muita tristeza na hora da perda de um grande amigo ou filho muitas vezes. Já perdi também alçguns amiguinhos e sinto muito a falta deles até hoje. Bjks da Rosane, Pandora e Ramon

    ResponderExcluir
  3. É impossível ao ler, não chorar...muito dolorido, para nós que amamos gatos, essa dor não tem como medir com palavras.
    Meus Sentimentos.

    ResponderExcluir
  4. Nooosa que triste, eu tb já perdi dois gatinhos e sei como dói, dói demais, é complicado...meus sentimentos pra todos que perderam seus bichanos..:-(
    Bjinhus

    ResponderExcluir
  5. muito triste, perdi o meu gato a dois dias esta sendo muito dificil pra mim, ainda mais quando seu irmao o procura,nao desejo isto pra ningem.que deus nos ajude a suportar esta dor....

    ResponderExcluir
  6. José Albino Michilin (não sei se escrevi certo)
    Umm gatinho muitoo lindo e especial

    Alini

    ResponderExcluir
  7. Eu tambem perdi meu gato. Tem 1 mês que ele saiu de casa e nao voltou mais. Sei que nao vai voltar, ja faz muito tempo mas lá no fundo ainda escuto o miadinho dele pedindo pra abrir a porta pra ele. Ele fez tudo o q eu gatinho podia fazer por alguem. Fiquei com ele 3 anos e meio e fiz muito mais q certas maes por aí fazem por seus filhos. Ele me mudou, me fez feliz e eu o amarei sempre por isso. Tinha fotos dele no meu orkut, facebook, twitter e todos os perfis. Hoje acabei de excluir acho q para acabar com o sofrimento de ver a foto e nao senti seu pelo macio nas minhas maos.

    yorrarah kelly foto do jimi http://www.fotolog.com.br/j_i_m_i
    tem muito tempo q nao atualizo mas ele nao mudou nada... só estava mais gordinho

    saudade... ta doendo tanto...

    ResponderExcluir
  8. Que triste perdermos um bichinho que amamos né! Bjs

    ResponderExcluir
  9. Só que ama verdadeiramente seu gatos sabe a dor de perde-los, já ouvi algumas vezes: "Nossa! Era só um gato." nãoooooo, não era só gato era AMIGO e fiel.É bom saber que em contrapartida existe muitos que pensão como a gente. Abraço e que Deus conforte os corações de todos.

    ResponderExcluir
  10. Esse José tá aprontando com você, hein???...
    TUDO VAI FICAR BEM, querida!!!...

    Tudo é efêmero!!!...

    b..e..i..j..o..s..

    ResponderExcluir
  11. QUANDO APRENDEMOS A AMAR UM GATINHO, É UMA ENTREGA TOTAL, TANTO NOSSA PRA ELES E DELES PARA NÓS, É DIFÍCIL VIVER SÓ DEPOIS DISSO, POIS CHEGAR EM CASA E ELES NÃO IR NOS RECEBER, NÃO CORRER MIANDO PRA NOS VER É MUUUITO DOLORIDO, EU FIQUEI MUITO MAL QND MEU BICHINHO QUASE MORREU, FICOU INTERNADO E QND EU CHEGAVA EM CASA E NÃO O VIA EU SOFRIA MUITO, MAS GRAÇAS AO BOM DEUS O GATINHO SE RECUPEROU, E HOJE TENHO ELE COMIGO E SOU MUITO FELIZ, SINTO MUITISSIMO POR QUEM PERDEU SEUS AMORES...

    ResponderExcluir
  12. Acabei de perder o meu querido RONI, estava com 14 anos infelizmente as doenças vem de uma hora para outra. A dor é muito grande e não desejo isso pra ninguém, a unica coisa que me consola é saber que ele não vai mais sofrer e que tenho os meus outros gatos que eram seus companheiros para cuidar e levar a vida adiante.''RONI TE AMEI EM VIDA E TE AMAREI PARA TODA A ETERNIDADE, da sua Mãezinha...

    ResponderExcluir
  13. eu perdi meu mingal hj(03 de abril)ele parece gente um anjo pra mim não só amo como vou sempre amar ele,doi muito saber que não vou mais escultar ele reclamando quando eu for pra escola ou quando eu chamava ele me alisava ou pegava outros gatos ele ficava com ciume não sei como conseguir viver sem meu mingal o meu mingal era branco com as patinhas rosas e olhos azuis lindo um anjo em forma de gato
    mingal eu vou sempre te amar

    ResponderExcluir
  14. Sabado eu pedi a minha Paris era linda preta de olhos azuis, era amorosa eu nao estava com força para escrever, as palavras de Marise me deu força para inciar escrever no meu blog. A Paris foi um anjo na minha vida so deu alegria.Paris seu sempre vou te amar 12-03-2011 + 12-05-2012
    Zilma dasilva

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. Nossa,adotei dois gatinhos,um branco com amarelo e uma persa.
    Hoje dia o Perceu (branquinho)faleu ao cair do 7° andar ..Ele furou a grade de proteção.Minha dor é tantaaaaaa....e ainda maior em saber que a Mel(Persa)Ta sofrendo e eu não poder fazer nada por ela.Sinto um amor tão grande por eles...Qdo eu os adotei em Março de 2011,eles tinham sido encontrados em um saco de lixo,em uma lixeira ....
    Como pode existir gente assim...com esse coração amargo...
    Perceu e Mel,mamãe ama vcs!!!

    Obrigada pelo espaço.
    Raquel

    ResponderExcluir
  17. Adorei o blog, acabei de perder meu Chico ele ia fazer um ano agora em outubro foi uma perda terrível,até agora não me conformo parece que perdi um ente querido, minha dor é imensa e vendo o relato de alguns de vocês sei que não sou a única, o que digo para me consolar é que ele foi brincar com Deus,fazer alegria de Deus e de outros animais que estão ao lado dele, sei que ele irá olhar sempre por mim,pois ele me muitissimo feliz durante esses 11 meses.Foi com o Chico que aprendi a gostar de Gatos ele me ensinou o amor que tenho hoje pelos felinos.
    Chico muito obrigada por ter estado comigo e ter me deixado te amar, fiz tudo e muito mais que deveria por você e faria tudo de novo se fosse necessário. Amo você, que o papai do céu cuide muito bem de você, de sua mamãe humana.

    ResponderExcluir
  18. Eu perdi a minha Paris 12-05-2012, ela nasceu dia 12 no dia do meu aniversario 12 de Março, até hoje sofro é uma dor incontrolavel, ja me falaram para adotar outra mais tenho medo ou como estou colocando outro no lugar dela, Paris amoooo você...

    ResponderExcluir
  19. Perdi meu Pretinho hoje. Apareceu uns dois meses atras em casa todo acabado, tadinho. Cuidei dele por esse tempo, mas o magrelinho não aguentou esse tempo seco e quente de Brasília e secou todinho. Eu não consigo parar de chorar, apenas isso. Dói pensar que não vou ver ele todo lindo brincando comigo e pedindo carinho. Dói demais. Chegar de viagem e me deparar com ele morrendo.

    Forças pra todos que passam pelo mesmo!

    ResponderExcluir
  20. Perdi o meu gato (Nico) recentemente, nesse sábado (23.7.16) por conta de uma leucemia felina. Não sabemos se ele era portador ou se adquiriu de outro gato. Pegamos ele com 2 meses na rua e ele viveu muito bem esses 1 ano e 7 meses. De uma semana até o dia fatídico ele manifestou os sintomas. Eu que sou homem estou arrasado ainda, minha noiva nem se fala. Realmente é muito triste, Ainda mais da forma que foi, quase que de repente. Chego a dizer que foi como perder um parente muito querido. A história dele com a gente foi bonita.

    ResponderExcluir
  21. Estava lendo seu texto mas não consegui terminar, no começo mesmo do texto eu ja tinha voltado a chorar.
    Eu não tenho muitos amigos, e os que eu tenho são falsianes, então desde que eu conheci meu bb, isso foi diferente.
    No começo eu não sabia se ele era femeá ou macho, então coloquei o nome "Purpurina" que na minha cabeça era unissex, mas no fim, era femeá mesmo.
    Hoje me arrependo do momento que tive para brincar com ela, para dar banho nela, estava me dedicando mas aos estudos, alias, so tenho 16 anos.
    Mas hoje encontrei ela morta, ela foi envenenada, eu sei disso.
    Mas não a nada que eu possa fazer, eu espero que Deus cuide dela, muito muito mesmo.
    Eu te amo Purpurina <3 ;3

    ResponderExcluir
  22. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  23. Nosso Elvis, digo nosso pois tenho outros 20 gatos, nos deixou no dia 24 de setembro. Faleceu um dia após completar seis anos, de babesia (doença do carrapato). Sempre foi como um filho de verdade, tinha muita personalidade e jeitinho manhoso único. Esta sendo insuportável viver sem ele, ainda choro todos os dias, me sinto desorientado. Espero que o tempo possa amenizar essa dor, éramos apegados demais. Só quero dizer que o Elvis mudou a minha vida, me ensinou a amar de verdade e a ser alguém melhor. Agradeço sempre a Deus por ter me dado a oportunidade de conviver com um ser tão maravilhoso. Primeiramente, foi diagnosticado com depressão, depois quando fizemos exame de sangue, foi diagnosticada a maldita doença. Em dois dias ficou muito fraquinho, nem andava direito, e em meus braços ele se foi, no dia 24/9/2016 às 21h. Viverá pra sempre dentro do meu coração. 💜 Cadu Rocketh

    ResponderExcluir
  24. Nosso Elvis, digo nosso pois tenho outros 20 gatos, nos deixou no dia 24 de setembro. Faleceu um dia após completar seis anos, de babesia (doença do carrapato). Sempre foi como um filho de verdade, tinha muita personalidade e jeitinho manhoso único. Esta sendo insuportável viver sem ele, ainda choro todos os dias, me sinto desorientado. Espero que o tempo possa amenizar essa dor, éramos apegados demais. Só quero dizer que o Elvis mudou a minha vida, me ensinou a amar de verdade e a ser alguém melhor. Filho, saiba que eu te amarei pra sempre e sempre. Agradeço a Deus por ter me dado a oportunidade de conviver com um ser tão maravilhoso. Primeiramente, foi diagnosticado com depressão, depois quando fizemos exame de sangue, foi diagnosticada a maldita doença. Em dois dias ficou muito fraquinho, nem andava direito, e em meus braços ele se foi, dia 24/9/2016 às 21h. Cadu Rocketh

    ResponderExcluir
  25. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  26. Ele chegou com 1 mês dia 13/07/2016 Escolhi seu nome com muito carinho Tobias, tratei como um filhotinho mesmo, dei amor, carinho, sempre ganhava um mimo, adorava comer biscoitinhos. Na tarde do dia 13/01/2017 ele saiu e até o momento não voltou. Doi muito, pois não sei onde está e o que aconteceu, estou pedindo em todo tempo para Deus trazer ele de volta.

    ResponderExcluir
  27. Ele chegou com 1 mês dia 13/07/2016 Escolhi seu nome com muito carinho Tobias, tratei como um filhotinho mesmo, dei amor, carinho, sempre ganhava um mimo, adorava comer biscoitinhos. Na tarde do dia 13/01/2017 ele saiu e até o momento não voltou. Doi muito, pois não sei onde está e o que aconteceu, estou pedindo em todo tempo para Deus trazer ele de volta.

    ResponderExcluir
  28. Me emocionei! Sei como é sentir a perda de um gato que amamos e convivemos juntos durante anos.. :(

    ResponderExcluir
  29. Minha Milla me deixou no dia 24 de Abril com 14 anos, por conta de problemas renais. Ela era tão carinhosa, amorosa. Virava a madrugada comigo, enquanto não terminava de estudar, me fazia companhia. Dói tanto não poder ouvir mais os miados dela e nem poder ter a sua companhia. Apesar de tudo, agradeço a Deus por ela ter entrado em minha vida e por ter dado incontáveis alegrias durante esses 14 anos.

    ResponderExcluir